ACADÊMICOS

Speed Park em Birigui abre estágios para alunos de Mecânica

da Redação
| Tempo de leitura: 2 min
Divulgação
Para os alunos, a parceria tem se mostrado uma oportunidade de aprendizado
Para os alunos, a parceria tem se mostrado uma oportunidade de aprendizado

UniSALESIANO firmou uma parceria técnica e de estágio com o Speed Park, complexo de kart localizado em Birigui. A iniciativa, que começou no ano passado, é fruto do relacionamento de docentes da instituição com o espaço que promove competições nacionais e internacionais.

De acordo com o professor Alexandre Marcelino, em 2023 surgiu a proposta de criar convênios que oferecessem aos alunos do Curso de Engenharia Mecânica oportunidades práticas de estágio e treinamento. “O objetivo é levar os acadêmicos para realizarem estágios com treinamentos específicos, como manuseio de motores de dois e quatro tempos, além de outras atividades mecânicas e de regulagem”, explica Marcelino, que supervisiona as atividades junto com o docente Fernando Eguia.

Ayrton Senna

Na primeira quinzena de junho, o Speed Park sediou o Troféu Ayrton Senna e a 1ª Etapa do Circuito Paulista de Kart, eventos que contaram com a participação dos alunos do UniSALESIANO nas inspeções técnicas. Ambos precedem o Campeonato Brasileiro de Kart, que ocorrerá em outubro e espera reunir mais de 500 pilotos.

“Nossos acadêmicos também participarão da inspeção técnica no Campeonato Brasileiro de Kart e na Fórmula 4, eventos de grande prestígio no calendário automobilístico nacional. Durante essas competições, eles verificarão a conformidade dos karts com as especificações técnicas, incluindo inspeções de combustível e pneus”, explicou o docente, ao completar que os acadêmicos aprendem ainda a usar equipamentos para realizar medições e garantir a qualidade da gasolina, entre outros aspectos técnicos.

Para os alunos, a parceria tem se mostrado uma oportunidade de aprendizado. O acadêmico do 7º termo de Engenharia Mecânica João Pedro Rocha Domingos disse que a união entre o UniSALESIANO e o Speed Park tem sido de muita valia para todos os envolvidos, já que conseguem ver na prática o que é aprendido na faculdade. “Além disso, somos inseridos dentro do meio automobilístico, onde a engenharia se faz muito presente. Antes, eu não sabia praticamente nada sobre karts, e hoje, possuo uma grande noção sobre o assunto e sei alguns termos técnicos, já que dentro do Speed Park atuamos como fiscais para evitar adulterações nos karts que participam das etapas”, comentou.

Também aluno do 7° termo de Engenharia Mecânica, Cesar Eduardo Ramos Alves ressaltou o valor dessa experiência obtida no ambiente de competição. “Está sendo muito enriquecedor. Podemos ver como uma equipe de competição profissional funciona. Também aprendemos como cada componente usado no kart afeta seu desempenho nas pistas. Isso foi muito importante para o meu grupo, já que, em uma de nossas matérias, construímos um kart visando ao melhor custo e desempenho”, relatou.

O coordenador dos cursos de Engenharia  dos Cursos de Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica e Engenharia Mecatrônica, prof. Nelson Hitoshi Takiy, lembrou que o Speed Park é uma referência nacional para diversos esportes, incluindo as mais importantes competições de kart. “Esta parceria trará grandes oportunidades para nossos alunos atuarem no círculo de competições”, concluiu.

Fale com o Folha da Região!
Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Comentários

Comentários